PUBLICIDADE

Golpe do frigobar da Coca Cola está circulando no WhatsApp

306

Mais um golpe está circulando na internet. Estão oferecendo um frigobar a Coca-Cola a quem se cadastrar no link cujo domínio é registrado na Rússia e agora está amplamente sendo divulgado pelo WhatsApp.

PUBLICIDADE

Publicamos recentemente mais um golpe muito utilizado com para clonagem do WhatsApp colocando sua lista de contato em risco, confira também

Conforme o setor de crimes cibernéticos da Polícia Federal, não é a primeira vez que a imagem da Coca-Cola é utilizada para enganar pessoas na internet, além de produtos, já foi prometido até emprego.

Como começa o golpe do frigobar da Coca-Cola?

O golpe começa a quando a vítima recebe uma mensagem pelo WhatsApp avisando que, para ganhar um frigobar da coca-cola, teria responder três perguntas simples.

PUBLICIDADE
Frigobar da Coca-Cola está circulando no WhatsApp, Cuidado! Veja...

Quando a vítima responde as questões, mais uma mensagem aparece, com mais um desafio: Compartilhar o link malicioso com pessoas da sua lista telefônica até completar a barra de quantidade, localizada na parte inferior da tela.

Os golpistas prometem que, após o preenchimento da barra, o usuário recebe o frigobar dentro do prazo de quatro dias.

Frigobar da Coca-Cola está circulando no WhatsApp, Cuidado! Veja...

O que acontece na realidade é que quando a barra de preenchimento ficar completa, o dispositivo da vítima automaticamente será infectado por um vírus.

PUBLICIDADE

As informações pessoais como fotos, vídeos, mensagens e senhas da vítima serão capturadas pelos golpistas, e com o excesso de atividades incomuns, o celular, computador ou tablet da vítima poderá ser bloqueado.

Para recuperar o aparelho e os dados, os golpistas solicitam que a vítima pague o resgate em bitcoins.

Como se prevenir desse Golpe?

O usuário deverá tomar as seguintes precauções:

1 – Não clique nem compartilhe links que você não conheça pelo WhatsApp ou nas redes sociais.

PUBLICIDADE

2 – Cuidado com mensagens clicbaits como: “último dia”, “promoção vai até”, “Urgente”, “não perca essa chance”, que quase sempre possuem conteúdos enganosos.

3 – Verifique sempre se o que está sendo oferecido está no site oficial da empresa no site oficial da empresa.

4 – Nunca informe ou preencha formulários ou pesquisa que solicitem dados pessoais ou financeiros através de links enviados pelo WhatsApp, tais como: cartão de crédito, senha de bancos, conta corrente, etc..

PUBLICIDADE

5 – Ao acessar em qualquer página na web verifique a existência de um cadeado no canto superior esquerdo da página, que informa que sua conexão não foi interceptada e que o site está criptografado contra golpes.

6 – Sites que possuem HTTPS onde o “S” corresponde à um site seguro que utiliza Certificado Digital SSL.

8 – Não marque agendamentos em que façam com que pessoas desconhecidas compareçam em sua residência sob o pretexto de fazer uma consulta presencial.

PUBLICIDADE

9 – Nunca baixe programas piratas para o celular ou computador.

Caí no golpe do frigobar da Coca-Cola, e agora?

Se você por acaso foi enganado pelo golpe do frigobar da Coca-Cola, será necessário procurar, imediatamente, um profissional de informática de confiança para analisar a situação e adotar medidas de segurança em seu equipamento.

Faça um boletim de ocorrência na policia, pois ainda que se livre do vírus, seus dados ainda correm risco.

Você já caiu ou já compartilharam esse golpe com você? Deixe nos comentários.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui